ByTheFood
Autenticar Registar

Autenticação

Username
Password *

Criar conta

Campos marcados com (*) são obrigatórios.
Nome
Username
Password *
Verif. password *
Email *
Reescreva email *

Cebolinho

O cebolinho não deve ser cozinhado para que não perca o seu suave aroma a cebola. Ele deve ser picado, ou cortado com uma tesoura, e usado de imediato, para manter a sua textura estaladiça e o seu aspecto fresco e verde.

É ótimo como guarnição, para decorar ou apurar os seus pratos.
 
Poderá usar as suas flores para guarnecer pratos ou enriquecer saladas.
 
O cebolinho aguenta apenas uns dias no frigorífico, mas pode experimentar picá-lo e congelar, pois o seu aroma será conservado.
 
É ótimo para temperar: batatas,cenouras, peixe e marisco, ovos, abacates e queijo creme.
 
Combina bem com manjericão, coentros, salsa, paprika e estragão.

Cebolinha ou Chalota

A cebolinha ou chalota, tem um sabor muito suave.

Pode ser utilizada na culinária como um tempero ou um legume.

Na cozinha oriental é utiliazada com muita frequência, como forma de acelerar o processo de confeção dos cozinhados, devido ao facto de não ter o travo amargo da cebola crua.

Mas atenção, caso pretenda preservar a sua textura estaladiça deve adicioná-la na fase final de confecção do prato.

Poderá conservar as Cebolinhas no frigorífico durante cerca de uma semana, devidamente acondicionada para evitar cheiros.

É ótima para temperar: ovos, peixe e marisco, carne e a maioria dos legumes.

Combina bem com malaguetas, coentro, alho, gengibre e salsa.

Alho

O alho é muito utilizado na culinária portuguesa. É ótimo para realçar o sabor de muitos alimentos. Os dentes inteiros, quando cozinhados, têm um sabor muito mais suave que quando cortados ou esmagados.
 
Na culinária tem várias aplicações, pode ser usado em refogados ou fritos.
 
O alho pode ainda ser consumido desidratado, em lascas ou em pó.
 
Também é reconhecido pelas suas propriedades medicinais, porque ajuda a controlar a tensão arterial e o colesterol.
 
Guardado num local seco e fresco o alho dura muito tempo, mas se estiver a germinar não utilize os rebentos verdes, pois são muito indegestos.
 
Adequa-se a quase todos os pratos salgados e combina com a maioria das ervas aromáticas e especiarias.

Beldroegas

As Beldroegas têm umas folhas verdes e flores amarelas. As flores são comestíveis e podem ser usadas em saladas, como um toque de decoração especial.

As folhas mais velhas são utilizadas nos guisados e as folhas mais novas, por serem mais tenras são utilizadas em saladas, como complemento de outros legumes.

A sopa de beldroegas é um prato conhecido e muito apetitoso!

Pode conservar no frigorifico, mas não mais do que 2/3 dias.

É ótimo para temperar:  favas, pepino, ovos, queijo feta, batatas, espinafres, tomate e iogurte.
 
Combina bem com agrião e rúcula.

Coentros

 Os coentros são uma das principais ervas na gastronomia portuguesa, apesar de também terem uma forte presença na cozinha asiática e latino-americana.

De sabor fresco devem ser adicionados apenas no fim da confeção dos pratos, salvo algumas exceções, como é o caso das pastas de caril.

São um condimento fundamental para o resultado final de pratos como, as Ameijoas à Bulhão Pato ou Favas Guisadas.

A utilização dos caules picados, na confecção de guisados dá-lhes um sabor particular.

Pode conservar no frigorífico cerca de 1 semana. Em alternativa pode congelar as folhas picadas.

Ótimo para temperar:  abacates, peixe e marisco, leite de coco, limão, lima e leguminosas em geral.

Combina bem com manjericão, malaguetas, cebolinho, endro, alho, gengibre, hortelã e salsa.

Mais artigos...

  1. Estragão
  2. Endro